Loading...

Tandriflan – Bula de Tandriflan

Loading...

Indicação

Para que serve?

O Tandriflan é indicado para o tratamento de reumatismo nas suas formas inflamatórias degenerativas agudas e crônicas, crises agudas de gota, estados inflamatórios agudos, pós-traumáticos e pós-cirúrgicos.

Além disso, também pode ser usado nas exacerbações agudas de artrite reumatóide e osteoartrose e estados agudos de reumatismo nos tecidos extra-articulares.

Este medicamento também é indicado como coadjuvante em processos inflamatórios graves decorrentes de quadros infecciosos.

Posologia

Como usar?

Geralmente, a dose mínima diária recomendada é de um comprimido a cada 12 horas às refeições e a duração do tratamento deve ser a critério médico.

Devem ser administradas as mais baixas doses eficazes e sempre que possível, a duração do tratamento não deve ultrapassar os 10 dias.

Efeitos Colaterais

Quais os males que pode me causar?

Os efeitos colaterais que podem ocorrer com o uso deste medicamento são distúrbios gastrintestinais como dispepsia, dor epigástrica, recorrência de úlcera péptica, náuseas, vômitos e diarreia.

Ocasionalmente pode ocorrer também dor de cabeça, sonolência, confusão mental, tonturas, distúrbios da visão, edema por retenção de eletrólitos, hepatite, pancreatite e nefrite intersticial.

Contraindicações

Quando não devo usar?

Este medicamento é contraindicado nos casos de úlcera péptica em atividade, hipersensibilidade a quaisquer dos componentes da fórmula, discrasias sanguíneas, trombocitopenia, distúrbios da coagulação, porfiria, insuficiência cardíaca, hepática ou renal grave e hipertensão grave.

Além disso, também não deve ser usado em grávidas, lactantes, asmáticos nos quais são precipitados acessos de asma, urticária ou rinite aguda pelo ácido acetilsalicílico e outros inibidores da via da cicloxigenase da síntese de prostaglandinas.

Advertências e Precauções

O que devo saber antes de usar?

Este medicamento tem paracetamol na composição, por isso não deve ser usado outro medicamento que contenha esta substância ativa.

Não é indicado para crianças abaixo de 14 anos, com exceção de casos de artrite juvenil crônica.

Caso ocorram reações alérgicas com coceira, eritema, febre, icterícia, cianose ou sangue nas fezes, a medicação deve ser imediatamente suspensa

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Os efeitos tóxicos da cafeína, primordialmente excitação do SNC, taquicardia e extrasístoles, só ocorrem em dosagens extremamente elevadas, assim a possibilidade de toxicidade significativa, devido a este componente do Tandriflan
é muito improvável.

Os efeitos tóxicos do carisoprodol podem resultar em torpor, coma, choque e depressão respiratória, sendo indicadas às medidas gerais de tratamento sintomático e de suporte.

O paracetamol em doses maciças pode causar hepatotoxicidade, que pode não se manifestar até 48 a 72 horas após a ingestão.

Na suspeita de superdosagem, deve-se proceder ao esvaziamento gástrico por lavagem ou indução do vômito. O antídoto para a superdosagem de paracetamol é a acetilcisteína que deve ser administrada o mais precocemente possível e dentro
do período de até 10 horas da ingestão da dose excessiva para maior eficácia.

Composição

Cada comprimido contém:

Diclofenaco sódico_______________________________50 mg

Paracetamol___________________________________300 mg

Carisoprodol___________________________________125 mg

Cafeína________________________________________30 mg

Excipientes__________________________q.s.p. 1 comprimido

(Excipientes: celulose microcristalina, dióxido de silício coloidal, estearato de magnésio, crospovidona, laurilsulfato de sódio, corante amarelo crepúsculo laca).

Laboratório

Genom – União Química Farmacêutica Nacional

– SAC: 0800 11 1559

Dizeres legais:

Registro MS – 1.0497.1158 | Farm. Resp.: Vanessa Cristina Scaldelai Stierle | CRF-SP no 15.895

Sending
User Review
0 (0 votes)
Loading...
  • Deixe seus Comentários