Alergia a Joias – Sinais que você tem

Alergia a joias – Você sabia que muitos metais que são encontrados frequentemente em joias podem fazer com que algumas pessoas sofram erupções dolorosas? Confira!

Ter algum tipo de alergia não é algo raro. Você provavelmente já ouviu falar das alergias mais comuns, como alergia a amendoim ou mariscos.

De acordo com a instituição Food Allergy Research & Education, também conhecida como FARE, cerca de 15 milhões de estadunidenses sofrem de alergias alimentares!

Mas e as alergias menos comuns?

Então, como saber se você tem uma alergia a joias?

E se tiver, há alguma maneira de diminuir as reações?

MINUTAGENS:

Alergia ao níquel 1:20

Como saber se foi um metal que causou a irritação? 2:05

O que você pode fazer para obter algum alívio? 2:39

Como tratar a irritação nas orelhas 3:20

Como saber que metais você usar com segurança? 4:59

Mas e quanto à prata esterlina? 6:30

Quais metais são 100% seguros para aqueles que sofrem de alergia ao níquel? 6:53

Outras maneiras de evitar uma reação alérgica 8:12

#alergiaajoias #alergiaaoníquel #metaisseguros

Música por Epidemic Sound https://www.epidemicsound.com/

RESUMO DO VÍDEO SOBRE ALERGIA A JOIAS:

– Um dos metais que mais provoca alergia é o níquel. De fato, 5 a 10% da população têm alergia ao níquel!

– Depois de usar um colar ou um anel feito de metal ao qual você é alérgico, poderá notar vermelhidão ou uma erupção irregular no local onde a joia esteve em contato com a sua pele.

– Para ajudar a curar a erupção, você pode aplicar um creme esteroide anti-inflamatório, como creme de cortisona, na área afetada.

Após a cicatrização, você tem a opção de usar a joia novamente para ver se a mesma reação se repetirá.

– Quando você perfura as orelhas de suas filhas pela primeira vez, é recomendável usar brincos com rótulos hipoalergênicos, como “livre de níquel”, para diminuir o risco de infecção.

– O cobre e o latão são os culpados por trás dessa coloração da pele. Embora essas marcas não sejam necessariamente perigosas, elas não são exatamente agradáveis de serem vistas.

– Se você é alérgico ao níquel, saiba que isso é incrivelmente comum, basta procurar por peças de joalheria que contenham o rótulo “sem níquel”.

Tenha em mente que a maioria das bijuterias baratas contém níquel, então ficar longe delas é uma aposta bastante segura, também.

– Para garantir que você escolha joias de ouro sem traços de níquel ou outros metais como o cobre, é melhor escolher peças feitas de 12 quilates de ouro ou mais.

Enquanto algumas joias de ouro podem ter vestígios de outros metais, a porcentagem é muito pequena nas joias de alta qualidade.

– O Argentium é, na verdade, um tipo de prata hipoalergênica. E também é resistente a manchas.

– Há uma razão pela qual as joias feitas de platina tendem a custar mais.

Este metal de alta qualidade é hipoalergênico e nunca contém vestígios de níquel. E você pode apostar que não deixará uma marca verde na sua pele.

– Certifique-se de tirar as joias antes de lavar as mãos ou tomar banho. O sabão e a água podem danificar as camadas externas delas, expondo materiais aos quais você é alérgico.

– Você também pode evitar riscar suas joias, limpando-as regularmente e armazenando-as em um local seco e seguro para evitar que elas sofram danos.

Inscreva-se em Incrível: https://goo.gl/ZHFt2x

Veja também:

9 Sinais de que você tem mofo tóxico em casa

—————————————————————————————-

Nossas Redes Sociais:

Facebook: http://facebook.com/incrivelclub/
5-Minute Crafts Youtube: goo.gl/0f2h9p

—————————————————————————————-

Para mais vídeos e artigos, acesse: Incrível Club

alergia a joias

Por favor siga nos e deixe um like:
Sending
User Review
0 (0 votes)
  • Deixe seus Comentários